• Anos falou sobre o fim de deputados de viajar para o exterior

  • A duma de estado do sétimo convocação ajustado o plano de atividades internacionais dos deputados, deixando apenas o destino da viagem. Sobre esta terça-feira, 1 de novembro, disse o orador da câmara baixa do parlamento da Rússia Anos, passa FEIRA.

    "A prioridade é feito para o destino da viagem, onde são colocadas as tarefas específicas que delegação parlamentar deve resolver", explicou o presidente da Rússia.

    O plano de viagens de um "não é tão grande", porque "uma viagem para assistir a outros países ou conversar, rejeitada", observou Anos. Segundo ele, a preferência é dada à recepção de delegações, que querem discutir a cooperação com os russos parlamentares, bem como viagens para países bálticos.

    31 de outubro, o presidente do comitê da Duma de regulamento Olga Савастьянова relatou, que o número de eventos internacionais com a participação de parlamentares será aumentada. "Se há a possibilidade de a Rússia a participar e expressar a sua posição, para defender a sua posição, então, naturalmente, esta possibilidade deve-se usar", disse ela.

    28 outubro tornou-se é sabido que a Rússia não entrar em uma nova composição do Conselho de direitos humanos da ONU (prensa latina). Em 2015, a delegação russa na APCE privou do direito de voto, em resposta ela parou de a sua participação em atividades de montagem.

    Uma série de russas parlamentares entram em санкционные listas de EUA e países europeus. Para visitar individuais eventos internacionais representantes do Ministério e do Conselho da Federação, davam o direito de entrar com certas limitações, como, por exemplo, eles resolveram residir apenas nos limites de uma zona específica.

    http://lenta.ru

More news in the same category:

More Global News:

comments powered by Disqus