• Poroshenko suspeita da ocultação da propriedade espanhola

  • O deputado do parlamento da Ucrânia, de facção "Bloco de Poroshenko", Лещенко procurou a agência Nacional de prevenção da corrupção (НАПК) com a incumbência de verificar, não se apartando dele se presidente do país Poroshenko da declaração de obras de arte e недвижиомсти na Espanha. Sobre isso na sexta-feira, 4 de novembro, "Interfax-Ucrânia".

    Solicitado ligava vice popular apresentou o primeiro vice-presidente Irene Геращенко em sessão plenária, na sexta-feira.

    26 de outubro de Sergei Лещенко disse, que o procurador-geral do país, Yuri Lutsenko, possui sede em Yalta, que está registrada em ex-contador da sua empresa. Segundo ele, Lutsenko adquirido e emitido em figuras de enormes dimensões (com 145 metros quadrados) caro o imóvel, não tendo este legais de receitas.

    24 de outubro de Лещенко disse, que Lutsenko, é dono de imóveis, em Kiev, que é enquadrado em um figurante. "O atual aumentou colocarmos tudo em бухгалтершу esposa, é proprietário de uma enorme casa no centro da cidade", disse o parlamentar.

    Lutsenko chamou - as acusações de que ele é dono de uma mansão no centro de Kiev, "fantasias do deputado Лещенко". "Oficialmente declaro: nenhuma casa em Kiev, nem eu, nem minha família não possuem", — disse o chefe assessor do escritório de país.

    Em setembro, o próprio Лещенко tornou-se o acusado de um escândalo de corrupção. O jornalista André Jinja publicou a informação, segundo a qual o povo eleito comprei no centro de Kiev, um apartamento por 7,5 milhões de hryvnia (cerca de 18 milhões de rublos). Em resposta, o mp notei que ele não tinha nada a esconder, então ele registrou o imóvel em si. Ele ressaltou também que parte do dinheiro na compra do apartamento lhe deu o fundador Ucraniano "verdade" de Allen Pritula e algum tipo de taxa, destacou a jovem Anastasia Топольская.

    http://lenta.ru

More news in the same category:

More Global News:

comments powered by Disqus