• Обезглавившую menina em Moscou, a babá do hotel

  • Cidadão do Uzbequistão Гульчехра Бобокулова, que matou uma pequena de quatro anos de uma menina em Moscou, está em um estado de sono medicamentoso e não pode ser entregue a uma audiência. Sobre isso FEIRA informou o tribunal Хорошевского.

    "Como disse o chefe do hospital de PKU PTDC-2, Бобокулова não pode ser transportada no tribunal de comunicação com foco em медикаментозном sono depois de tomar medicamentos", disse o secretário de imprensa do tribunal de Olga Лицарева.

    "A interfax" passa, que isso reunião sofrido. Terça-feira, 1 de novembro, era de se continuar com a revisão criminal, em relação a Бобокуловой essencialmente.

    29 de fevereiro deste ano em um apartamento na rua da milícia quando o fogo foi descoberto o corpo de quatro anos, as meninas de sinais de morte violenta. Na cúpula, babá — Гульчехра Бобокулова, esperando, até que os pais com uma criança mais deixam o apartamento, matou a menina, подожгла apartamento e foi embora. Sua detido no mesmo dia, perto da estação de metro de Outubro de Campo". De acordo com testemunhas, ela estava gritando "Alá akbar!" e ameaçando-a de organizar самоподрыв. Nas mãos tinha a cabeça da criança. O exame revelou que a mulher sofre crônica de um transtorno mental. Espera-se que o procurador-ao considerar o caso vai perguntar sobre a aplicação de medidas de coacção de natureza médica, ou seja, sobre o envio no hospital psiquiátrico.

    O processo penal instaurado em artigos sobre o assassinato малолетнего, premeditado destruição à propriedade alheia por meio do incêndio e notoriamente falsa mensagem sobre a explosão.

    http://lenta.ru

More news in the same category:

More Global News:

comments powered by Disqus