• Nomeado o mais próspero país no mundo

  • Em 2016, a mais próspera nação do mundo tornou-se a Nova Zelândia. Segundo a publicação, o Business Insider, esta é a conclusão a organização britânica Legatum Institute, anualmente, uma componente de avaliação Prosperity Index.

    A noruega, por sete anos лидировавшая no ranking de prosperidade Legatum, caiu para o segundo lugar. Ela perdeu para a Nova Zelândia em todos os critérios, além do nível de educação, segurança e meio ambiente. O terceiro lugar foi para a Finlândia. Este país reconheceram a melhor em eficiência de energia, o nível de desenvolvimento da democracia e das garantias do estado de direito.

    Na suíça, líder no campo da educação, atingiu a quarta posição no ranking de prosperidade.

    Os seguintes cinco posições da lista ocupam, Canadá, Austrália, Holanda, Suécia e Dinamarca.

    O reino unido, a ex de um ano atrás, em 15º lugar, melhoraram seus indicadores e agora fecha os dez primeiros.

    A rússia entrou em 95 lugar do ranking prosperidade, com um dos piores resultados na área de liberdades pessoais, sob as quais o Legatum Institute entendem a protecção dos direitos e liberdades dos cidadãos, bem como проявляемую sociedade de tolerância.

    As classificações em Legatum Institute consideram 104 fatores que caracterizam a prosperidade 149 países. Isso inclui não apenas o produto nacional bruto per capita, o nível de emprego e outros indicadores econômicos, mas também o número de telefones móveis, a taxa de mortalidade infantil, a fé dos cidadãos na honestidade das eleições e outros dados que permitem julgar sobre o que está acontecendo no país.

    No final de setembro, foi relatado que a Rússia é possível levar 43 lugar no ranking global de competitividade, que publica o fórum econômico Mundial. Os três primeiros lugares já há alguns anos, retêm a Suíça, Cingapura e estados unidos.

    http://lenta.ru

More news in the same category:

More Global News:

comments powered by Disqus