• O FMI disse a Rússia sobre a correta despesa do orçamento

  • O fundo monetário internacional (FMI) considera correcta a política do ministério das Finanças da Rússia de consolidação orçamental — agendada a redução do défice, de congelamento de gastos. Quando o fizer, a organização recomenda que não realizar a dura consolidação, o que impediu o crescimento econômico. Na quarta-feira, 2 de novembro, disse o representante do FMI em portugal, Gabriel Di Bella, passa Rambler News Service.

    "Orçamento adaptou-se a tais preços do petróleo. Agora, é importante concentrar-se no balanceamento já está sendo perseguido por consolidação. A consolidação deve ser feita, mas ser baseados em princípios, que não colocam em risco a estabilização da economia", faz com que a agência de suas palavras.

    Di Bella disse também que a economia russa tem orçamento geral, para que, quando o aumento dos preços do petróleo, os gastos não cresciam de forma incontrolável.

    28 de outubro no site do Ministério, foi colocado de previsão orçamentária, segundo a qual o tesouro será manter-se défice até o ano 2034. A base do documento, em 2020, o déficit será de 1 por cento do PIB. No nível de 0,7 por cento do PIB, ele estabiliza-se entre 2030 e no ano 2034.

    http://lenta.ru

More news in the same category:

More Global News:

comments powered by Disqus