• Kiev pagar uma pequena compensação para virar a aeronave "Белавиа"

  • As autoridades concordaram em pagar uma compensação pelo reembolso de 21 de outubro, em Kiev, o avião de uma companhia aérea "Белавиа". Na quarta-feira, 2 de novembro, informou o ceo da empresa, Anatoly Гусаров, informou a agência BELTA.

    Segundo ele, agora do lado discutem o valor que pago as autoridades de kiev. "É um processo de negociação. Quando será finalmente definido, será gerado um custo de sacrificar. Mas posso dizer que é uma quantia pequena de dinheiro", disse o ceo da "Белавиа".

    Гусаров acrescentou que o Papa, o que ocorreu ainda acreditam que a violação internacional de aviação de direitos. "Somos gratos a tripulação, que estava em uma situação estressante, mas agiu com frieza, com competência e plenamente forneceu a segurança de vôo e dos passageiros", — concluiu ele.

    De acordo com a publicado 1 de novembro de moscou e texto de decodificação, quando em 21 de outubro de Boeing decolou do aeroporto de kiev, o gestor informou que o comandante da tripulação, que o avião deveria voltar. "Por falta de cumprimento será levantada de combate da aviação de interceptação", — ameaçou ele.

    Após o desembarque de um dos passageiros do blogueiro e jornalista Армена Мартиросяна — tirado do avião. Depois de um curto tempo o homem liberado. Como explicou a SSU, o navio de volta para as forças de segurança capazes de garantir que não haja ameaça à segurança nacional. A informação sobre a ameaça de levantar no ar de caça, sobre o qual disse no avião, o supersecreto negá.

    A bordo de tarouca, em Minsk, a aeronave estavam 136 passageiros e seis membros da tripulação. Em conexão com o incidente Minsk disse Kiev protesto. Em nota, afirmando que "o bielorrusso lado aguarda um pedido de desculpas oficial e exige a recuperação de todos os custos financeiros e custos, causada por ações do lado ucraniano".

    http://lenta.ru

More news in the same category:

More Global News:

comments powered by Disqus