• O caixão do Senhor em Jerusalém, preservado intacto

  • Os arqueólogos que exploram a igreja do santo Sepulcro, em Jerusalém, determinou que o lugar onde, segundo a tradição, foi sepultado Jesus Cristo, permaneceu intacto. Sobre isso, escreve a revista National Geographic.

    26 de outubro com o funeral, loja de pesquisadores tiraram a placa de mármore, que lá estava, pelo menos desde o ano de 1555. Ela foi instalada lá devido ao fato de que muitos peregrinos tentou отломить-me as partículas de esgoto.

    Debaixo da placa de arqueólogos, de acordo com o relatório, constatou "a camada de enchimento de material", e quando 60 horas non-stop de trabalho, ele foi removido, ele abriu ainda uma placa de mármore com recorte em sua superfície cruz.

    Na noite de 28 de outubro, poucas horas antes do fim do prazo permitido na autópsia de um túmulo, os arqueólogos chegaram a inicial leito de pedra calcária, que se intacta.

    Os cientistas, fazendo a pesquisa, esperam descobrir por que o santa Helena, que passou por escavações em Jerusalém, no século IV, decidiu que este túmulo é o local de sepultamento de Cristo.

    O caixão do Senhor preso эдикулу (Edicule) — a cúpula fixa a capela de amarelo-mármore rosa. Existente Кувуклия restaurado em 1809-1810, sobre o projeto de grego do arquiteto Nicolau Комина. Neste túmulo, de acordo com o Evangelho, Cristo foi sepultado depois da crucificação, e ao terceiro dia ressuscitou.

    http://lenta.ru

More news in the same category:

More Global News:

comments powered by Disqus