• Erdogan acusou a Alemanha com a cumplicidade de terrorismo

  • O presidente da Turquia, Recep tayyip Erdogan, acusou a Alemanha com a cumplicidade de terrorismo. Na quinta-feira, 3 de novembro, informa o Hürriyet Daily News.

    "Estamos convencidos de que a Alemanha, assume, para si, membros de organizações extremistas, como o partido dos trabalhadores do Curdistão, seja a habitação e para a organização terrorista Фетхуллаха Гюлена", afirmou ele.

    Turco líder também comparou o terrorismo com o escorpião, que "no final tudo vai mudar, vai morder". "Eu não vejo a Alemanha de um futuro brilhante. Ele se transformou em um refúgio de terroristas", — concluiu o Erdogan.

    No final de outubro, o MINISTÉRIO do interior da Alemanha, oficialmente, confirmou que após a rebelião na Turquia 35 pessoas, com banho turco, titulares de passaportes diplomáticos pediram asilo na ALEMANHA.

    Na noite de 16 de julho, na Turquia, houve uma rebelião armada. Ele foi suprimido pelas autoridades. Durante abortado golpe matou mais de 230 pessoas, mais de 2,2 mil ficaram feridas. Algumas dezenas de milhares de cidadãos turcos foram detidos ou presos por suspeita de envolvimento na rebelião.

    As autoridades acusaram na organização do golpe de residentes nos estados unidos Гюлена e exigiu, Washington emitiu uma figura religiosa. A própria oposição denunciou uma tentativa de golpe de estado e declarou que está envolvido.

    http://lenta.ru

More news in the same category:

More Global News:

comments powered by Disqus