• Assad comentou o incidente com um ataque da força AÉREA de israel

  • O presidente da Síria, Bashar al-Assad nomeou o direito e o dever de defender as fronteiras do país. É a declaração que ele fez com a ameaça do ministro da defesa israelense avigdor Lieberman destruir os complexos de DEFESA aérea da Síria em caso de ataques israelenses aviões, passa RIA novosti.

    "A proteção de nossas fronteiras é o nosso direito e dever. Se nós não vamos fazer isso como autoridade, para que o povo sírio tem de nos condenar", afirmou Assad.

    Segundo ele, Damasco não deve questionar, proteger ou não proteger, "não importa se a declarações de autoridades israelenses ou não". "Nós não construímos nossas políticas e decisões em suas declarações. De modo que, é claro, é nosso direito e dever, repito", salientou o presidente.

    Quando Assad expressou a esperança de que a Rússia irá desempenhar um papel importante para prevenir a recorrência de ataques da Síria por parte de Israel. "Como ouvimos hoje de manhã, na Rússia, foi convidado o embaixador de Israel para discutir violações de Israel, a soberania da Síria. Então eu acho que a Rússia pode desempenhar um papel importante nesse sentido, e a política da Rússia, em geral, baseia-se na legislação internacional, a Carta das nações UNIDAS e as resoluções do Conselho de Segurança", disse o líder.

    "Assim que a Rússia pode discutir essas questões com os israelenses, com base nesses critérios, e a Rússia, que pode desempenhar um papel importante, para que Israel não atacou a Síria", disse Assad.

    http://lenta.ru

More news in the same category:

More Global News:

comments powered by Disqus